Você está em: Home » Programação

Exposições Pinacoteca

 A Pinacoteca do Estado de São Paulo, instituição da Secretaria da Cultura, apresenta na Estação Pinacoteca a exposição de longa duração Arte no Brasil: uma história do Modernismo na Pinacoteca de São Paulo. Com cerca de 50 obras de artistas como Tarsila do Amaral, Cândido Portinari, Emiliano Di Cavalcanti, Alfredo Volpi, Lasar Segall, Victor Brecheret e muito mais. Reunindo trabalhos realizados entre os anos 1920 e 1950, esta exposição dá continuidade à mostra de longa duração do museu apresentada no segundo andar da Pinacoteca. Enquanto Arte no Brasil: uma história na Pinacoteca de São Paulo trata da formação da visualidade artística e a constituição de um sistema de arte no Brasil, a mostra Arte no Brasil: uma história do Modernismo na Pinacoteca de São Paulo propõe uma leitura sobre as inovações formais do primeiro modernismo, a retomada das tradições da pintura e os novos caminhos da arte neste período. Com curadoria de Regina Teixeira de Barros, da equipe de curadoria da Pinacoteca de São Paulo. Na abertura da mostra, será lançado um guia da exposição com textos e imagens das principais obras.

A Pinacoteca do Estado de São Paulo apresenta a exposição Guillermo Kuitca: Filosofia para princesas. Com cerca de 50 obras, entre pinturas, desenhos e uma instalação, a mostra reúne trabalhos produzidos durante toda a sua trajetória artística, desde os anos 1980 até 2013. Kuitca (Buenos Aires, Argentina, 1961) é considerado um dos mais importantes pintores latino-americanos e sua obra trata de temas como deslocamento, isolamento, solidão e representações abstratas de espaço, como mapas, planos de teatro e plantas arquitetônicas.

A Pinacoteca do Estado de São Paulo apresenta sua nova exposição de longa duração com cerca de 500 obras, entre pinturas, esculturas, desenhos, gravuras e fotografias. Intitulada Arte no Brasil - uma história na Pinacoteca de São Paulo, a mostra traz um panorama da arte brasileira, do período colonial aos anos 1930, por meio de obras que integram o acervo do museu, realizadas por artistas fundamentais para a história da arte no Brasil como Debret, Taunay, Facchinetti, Almeida Junior, Eliseu Visconti, Pedro Alexandrino, Candido Portinari e Lasar Segall, entre outros.
A Pinacoteca do Estado de São Paulo, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Fundação José e Paulina Nemirovsky, apresenta a exposição Arte construtiva na Pinacoteca de São Paulo. Com 64 obras, entre pinturas, objetos e fotografias, realizadas entre as décadas de 1950 e 1960, a mostra reúne um significativo conjunto de trabalhos de artistas brasileiros, fundadores da tradição da arte abstrata, geométrica e construtiva no país. Com curadoria de Regina Teixeira de Barros, a exposição apresenta trabalhos de artistas como Abraham Palatnik, Alfredo Volpi, Arthur Luiz Piza, Geraldo de Barros, German Lorca, Hélio Oiticica, Hércules Barsotti, Ivan Serpa, Judith Lauand, Lothar Charoux, Luiz Sacilotto, Lygia Clark, Mira Schendel, Samson Flexor, Sergio Camargo, Waldemar Cordeiro, Willys de Castro, entre outros.

Mira Schendel

de 24.jul a 19.out 2014

A Pinacoteca do Estado de São Paulo, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, apresenta de 24 de Julho a 19 de Outubro 2014, exposição retrospectiva da artista suíça, naturalizada brasileira, Mira Schendel que ao lado de seus contemporâneos Lygia Clark e Helio Oiticica, reinventou a linguagem do Modernismo Europeu no Brasil. Com Patrocinio do banco Credit Suisse, a mostra é organizada pela Pinacoteca de São Paulo e a Tate Modern, Londres, em associação com a Fundação de Serralves - Museu de Arte Contemporânea, Porto.

  1. 1 - 2 - 3 -
  2. Próximo »
  3. Fim