Você está em: Home » Estação Pinacoteca

Estação Pinacoteca




  Prosseguindo sua consolidação, no ano de 2004 a Pinacoteca do Estado de São Paulo incorpora o edifício do Largo General Osório que, originalmente, abrigava armazéns e escritórios da Estrada de Ferro Sorocabana. O edifício é totalmente reformado pelo arquiteto Haron Cohen, passa a chamar-se Estação Pinacoteca para receber parte do extenso programa de exposições temporárias da Pinacoteca do Estado.

No térreo está instalado o Memorial da Resistência de São Paulo que surgiu com a musealização da parte do edifício que sediou o Departamento Estadual de Ordem Política e Social de São Paulo (Deops/SP), entre os anos 1940 e 1983. A instituição se dedica à preservar as memórias da resistência e repressão política do Brasil republicano.

Estão no primeiro andar o Centro de Documentação e Memória da Pinacoteca do Estado (Cedoc) e a Biblioteca Walter Wey, que apresenta um significativo acervo de artes visuais, com destaque para arte brasileira. No segundo andar temos a Coleção Nemirovsky, um dos mais importantes acervos de arte moderna do país, fruto de um acordo de cooperação técnica entre a Secretaria de Estado da Cultura e a Fundação José e Paulina Nemirovsky.

Por fim, no terceiro andar, está o Gabinete de Gravura Guita e José Mindlin, um espaço dedicado à gravura. Este espaço é composto por três salas; uma apresentando mostras de longa duração com obras do acervo da Pinacoteca e as outras duas com exposições temporárias de diferentes recortes curatoriais.